O pré-operatório inicia-se quando o médico indica e combina com o paciente o procedimento cirúrgico e começa a tomar as medidas para prepará-lo para o procedimento. Uma das mediadas é o preparo da pele, através de técnicas que melhorem o tônus muscular e tissular, que ativem a circulação, que diminuam líquidos e toxinas e uso de equipamentos que melhorem e reestabeleça a fisiologia.

O pós-operatório deverá ser realizado após liberação médica. Quanto antes dermos início ao tratamento, maior os benefícios para o paciente. Diminuição de dor, diminuição do desconforto e aceleração no processo de cicatrização são os principais objetivos dos tratamentos estéticos no pós-operatório.

A falta, o retardo e ausência desses tratamentos podem acarretar na formação de fibroses, aderências, cicatrizes inestéticas, queloides bem como distrofias irreversíveis.
O tratamento consiste em aumentar a circulação sanguínea e linfática acelerando a reparação tecidual, diminuindo líquidos e toxinas, melhorando a oxigenação, aliviando da dor pós-operatório e melhorando o processo de cicatrização, evitando a formação aderências e fibroses entre outros agravantes.
.
Recursos utilizados mediante avaliação: .
Limpeza e hidratação profunda da pele, Detox, Drenagem Linfática, LEDs, Microcorrentes, Ultrassom, Ozonioterapia e Radiofrequência

Área a ser tratada? Corpo
Quanto tempo dura a sessão? 1 hora
Quantas sessões são necessárias? de 5 a 15 sessões
• Estado febril;
• Processo infeccioso/inflamatório;
• Hemorragias.

Abrir Whatsapp