A toxina botulínica é indicada para a atenuação das rugas dinâmicas, as que aparecem quando contraímos alguns músculos (testa, entre as sobrancelhas, pés de galinha), prevenindo assim também o aparecimento das rugas estáticas, as que estão aparentes mesmo sem o movimento muscular. É indicada a partir dos 25-30 anos, como forma de prevenir a formação de algumas linhas de expressão. O início do efeito após a aplicação surge após 2 a 3 dias, com uma paralisação progressiva do músculo, e pico de ação e estabilização do efeito, com cerca de 15 dias. Este bloqueio é transitório e geralmente dura em torno de 4 a 6 meses, retornando a ação muscular paulatinamente e com ela as rugas.

Porém, como todo músculo que não é usado atrofia, o uso sequencial da toxina botulínica pode gerar uma leve atrofia na musculatura do local aplicado. Por isso que, mesmo após o fim do efeito da toxina botulínica, naquelas pessoas já acostumadas a aplicação periódica, já não há uma contração tão forte como antes, atenuando o aparecimento das rugas mesmo sem a medicação.

Por ser um medicamento biológico, deve ser seguido um intervalo mínimo de três meses entre cada aplicação, considerando a mesma região tratada. Caso esse prazo não seja respeitado, pode se desenvolver uma resistência ao produto e perda ou diminuição do seu efeito.
A substância Botulínica é diretamente injetada no músculo a ser tratado.

Área a ser tratada? Facial • Quanto tempo dura a sessão? 45 min • Quantas sessões são necessárias? Uma sessão a cada 4 a 6 meses.
• Alergia a qualquer componente da formulação da toxina (o médico analisará cada caso para descobrir);
• Doenças neuromusculares, imunológicas e coagulopatias;
• Gravidez ou amamentação em andamento.
Abrir Whatsapp